domingo, 19 de agosto de 2012

Coming Out - A Saga Continua...

Ora bem, há formas e formas de sair do armário. Uma delas é por a Papoila na mesma divisão que os meus avós e deixá-la chamar por mim, "Mor!", bem alto para eles ouvirem e ficarem a matutar no assunto. E mesmo que eu chame a atenção para ela ter cuidado com o que diz, dois minutos depois lá vem, instintivamente, o "Mor", e uma risada pouco contida assim que se apercebe que, mais uma vez, não foi capaz de evitar o carinhoso chamamento.
Pelo que diz a minha mãe, só o meu avô ficou um bocadinho baralhado quando ouviu o termo. Nenhuns dos dois teceu qualquer comentário, mas pode ser que seja desta que a conversa se proporcione.

Orquídea

4 comentários:

Amelia Pond disse...

Foi um coming out bonito, mesmo que tenha sido um coming out wannabe :) you can do it! Go girl! beijos, às duas!

rv disse...

é engraçado... desde q suportável a cardíacos :)

Pugo disse...

Gostei!
:D

Anónimo disse...

a mim acontece-me ( e muitas vezes) ao contrario.. chamar "mor", nos sitios onde se pode dizer "mor", onde ninguem pode dizer "mor", e muito menos ouvir "mor".. e depois nos rir porque vemos que afinal.. ninguem ouviu... ufaaaa

beijos as duas..

Patxi