quarta-feira, 4 de maio de 2011

É uma chatice. Bulir.

Ter que lavar a loiça. - Ter que lavar roupa. Ter que a estender. Que a apanhar. - É uma chatice fazer a cama. - Ter que ir às compras. Ter que pagar a casa. Pagar as contas. Pagar isto, aquilo e o outro. - Pensar no que há para fazer amanhã. Depois de amanhã. Depois de depois de amanhã. - Pensar nos problemas para os quais ainda não arranjei solução. Nos problemas para os quais não há solução. - É uma chatice acordar cedo e sair tarde. - É uma chatice quando chove. Quando o sol bate de frente e encadeia. Quando as lentes ficam sujas com pingos de água. - É uma chatice querer fazer e não poder. Ter que fazer e não querer. - Chega até a ser chato fazer comida. Ou não a fazer sequer.



Enfim. A chatice é chata.

Papoila

2 comentários:

Xu disse...

Ahahah completamente de acordo:)

Anita disse...

Há coisas tramadas não há?

ou melhor:

a vida pela metade, o trabalho por inteiro.

adoro publicidade reinventada. ;)