quinta-feira, 11 de abril de 2013

Quiromancia à moda de Orquídea

[Sentadas no aeroporto, lado a lado, viradas para a linha de descolagem.] A Orquídea estica o meu braço, olha para a minha mão e aponta para um dos sulcos dizendo "Esta é a linha da vida!". Respondo "Ai é? E o que é que diz?". "Que vais viver até aos 104 anos...". Respondo-lhe, preocupada - "E o que diz a linha da tua mão? Não quero cá ficar se tu não estiveres comigo..." Ela pausa, olha para a mão dela, e diz - "Também são 104 anos. Vamos morrer ao mesmo tempo. Acidente de mota!".


O que nos rimos.
Até porque não conduziríamos uma mota antes de a demência ou loucura senil nos tirar o juízo crítico das coisas...
Papoila