domingo, 10 de outubro de 2010

Things we regret, things we celebrate.

Things We Regret - I
Liu Xiaobo, Prémio Nobel da Paz 2010 e activista pelos fim do regime de partido único, liberdade de expressão e independência do poder judicial, continua preso no seu próprio país. Ainda lhe esperam 9 anos de pena por ter, apenas, lançado na internet um baixo-assinado que reclamava por reformas políticas democráticas na China. Este é o país para onde exportam as nossas empresas e que mais investimentos sugam. Aqui.

Things We Regret - II

É esta a Sérvia que está a tentar entrar para a União Europeia. A mesma cujos cidadãos dão 'saudações nazis' aos homossexuais do seu país, lhes 'desejam a morte' e lhes gritam que 'a caça começou'. Aqui.

Things We Celebrate

Champalimaud Center for The Unknown

Um espaço lindíssimo, num local privilegiado, de que me orgulho muito pois foi construído em Lisboa. Finalmente um lugar com estudos direccionados para a oncologia. Um lugar para receber cientistas portugueses. E um lugar para dar visibilidade à nossa ciência... que somos poucos mas somos bons! Aqui.
Papoila

1 comentário:

A Miúda dos Abraços disse...

Querida Papoila, este local foi criado para receber cientistas de todas as nacionalidades, desde que sejam os melhores do mundo na sua área de investigação nas áreas prioritárias do instituto, em especial a oncologia.

E já há investigadores portugueses a trabalhar em oncologia. Não são muitos, mas fazem às vezes muito mais com menos do que os que têm financiamentos escandalosos (tanto é o dinheiro que o esbanjam).

Os Portugueses são no geral trabalhadores e desenrascados como sabes =)
Característica muito apreciada nos EUA, por exemplo!