quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Ando aparvalhada. De todo.

Ansiosa. Muitooooooooooo ansiosa. Pior do que se fosse casar amanhã, ou tivesse engravidado na adolescência, ou tivesse perdido o talão do euro-milhões, ou fosse fazer um coming out para toda a família e amigos. Pareço um pinto que não pára no ovo. Irrequieta. A pensar em coisas que tenho que fazer quando já fiz tudo o que podia ser feito naquele momento. Ahhh!! Grrr!!

Hoje fui à farmácia comprar medicamentos e equipamentos que vou precisar no hospital e durante a minha estadia na 'Zona B'. Deixei lá 225 euros. Trouxe um saco de compras que parece um daqueles da H&M onde se vendem os blusões [e, atenção, ainda ficaram coisas por levantar!].

Com uma mala assim, quem consegue estar calmo? Certainly not me.

The suitcase's logic
Quanto maior é a mala, mais pequena é a dona.

Digo para mim mesma, escondendo um pouco a loucura: Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas. Uma mulher precavida vale por duas.

Afinal, não posso ser assim tão néscia por querer levar o que considero essencial, ou posso?

Papoila

2 comentários:

Dantins disse...

Eu sou defensora da teoria de que mulher prevenida vale por duas, por isso fazes muito bem em levar tudo o que achas essencial :D

Bons preparativos!

B' disse...

Mais vale levar a mais do que depois faltar alguma coisa!

Boa viagem! :D