sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Velhos maus


Há muitos velhos maus mas hoje falo especialmente da velha que vive no andar por cima do qual trabalho. É uma velha bruta, que fala com o marido (já muito doente e debilitado) com uma rispidez e falta que carinho que me deixa abatida. E extremamente raivosa.

velhos e velhotes. Os velhotes adoro. Os velhos detesto. Há uma grande diferença.

Papoila

1 comentário:

A Miúda dos Abraços disse...

Passou-me logo pela cabeça que se calhar o senhor foi mau para ela toda a vida... mas pode muito bem não ser esse o caso... tudo é possível. Os velhotes presumo eu estão mais ou menos resolvidos e em paz com a vida.