segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Fox vai ao veterinário


Hoje fui ao veterinário - um jovem motoquinhas, com os seus 30 e poucos anos, alto e esguio. As minhas mamãs simpatizaram logo com ele... eu é que nem por isso. Não foi exactamente o seu semblante que eu não tolerei, mas sim o seu cheiro a cão (que tresandava). Eu, uma menina princezinha, não me posso misturar com tais odores, n'est pas? Ou então para que servirão as horas que passo a cuidar do meu pelo? Não obstante, portei-me como uma verdadeira senhora. Mantive a minha postura correcta enquanto o senhor me fazia as suas traquinices... inclusivamente enquanto ele me cortou as dentolas. Sim: enquanto me cortou as dentolas. Ao que parece tenho uma doença genética chata que leva ao crescimento desmedido dos dentes incisivos. A minha mamã Papoila já tinha desconfiado e foi por isso que decidiu levar-me ao doutor. Infelizmente, quando fizer seis meses, vão-me arrancar os dentes incisivos. Os posteriores vão ficar (para quem não sabe, os coelhinhos têm oito dentes incisivos, que nascem aos pares, um atrás do outro), pelo que deverei preservar a capacidade de cortar a paparoca. Independentemente disto, as minhas mamãs ficaram um pouquinho preocupadas e receosas com a cirurgia... mas têm tempo para se preparar.

Até lá, já vou poder começar a comer rúcula, conigos, cenoura, salsa, coentros e muito mais! Estou super entusiasmada com o leque de sabores que me esperam!
Fox

1 comentário:

Mafalda disse...

Fox,

estarei por aqui a torcer que corra tudo bem quando chegar a altura.

Festinhas em ti :)