terça-feira, 29 de setembro de 2009

Mãos no Volante

É em momentos destes, em que conduzo apenas contigo a meu lado, com a tua mão escondida no fundo da minha nuca quando o momento é propício, a liberdade de ir, o silêncio só nosso e os sorrisos pacíficos, que sei que posso ser feliz.

Orquídea

1 comentário:

Pano pRa Mangas disse...

Que sentimento tão sentido, e bonito! como compreendo..