quarta-feira, 3 de novembro de 2010

We Chai Sleep

O Chai é feliz com a sua mamã!
A mamã já reparou que o bixano acorda todos os dias, por volta as 7h da manhã, mordendo as grades p'ra gastar a dentola... pelo que a sua dedicada progenitora já comprou uns ramos de madeira especiais para o príncipe andar satisfeito. Coisa má: os seus hábitos de descanso (que o rapaz veio do orfanato habituado a dormir a maior parte da tarde). Coisa boa: quando a mamã acorda o chai já está espreitando pela grade como quem diz 'Vá dorminhoca! Anda lá fazer figura de parva e dizer 'Olá Chai! Bom dia! Dormiste bem?'.
De novidades só mesmo a bola que a mamã fez o esforço de ir comprar ontem, para o menino correr a maratona todos os dias. O bicharoco adorou a ideia até ser metido lá dentro, altura na qual se mijou de susto. No entanto os especialistas dizem que tal atrocidade só faz bem à criatura, impedindo que os seus músculos atrofiem (sim, que os roedores, no seu habitat natural, costumam percorrer quilómetros à procura de alimento).
Andei a atulhar-me de cultura hamersteresca, que gosto de estar informada e só quero o melhor para o meu filhote!
Pronto, são estes os pontos a acrescentar. Brevemente revelarei foto do dito cujo. Até lá vou-vos deixando estas, que são da família, p'ra aguçar o apetite!
Já agora... o Chai procura madrinha!

Papoila

3 comentários:

ML disse...

bom, sou claramente a candidata mais adequada a madrinha!
Até procuro informaçao a respeito do dito cujo..sabias que "Muitas espécies de hamsters têm as bochechas dilatáveis", (LOOOL) e que "A palavra hamster tem sua origem na palavra alemã "hamstern" que significa "acumular" ou "armazenar", uma referência às suas bochechas."

Fascinating stuff.

Filip@ disse...

O chai parece muito simpático :D

Anita disse...

Bom, eu não sei se vocês ainda leram os meus posts acerca da minha Celsa Matilde. Sim, era uma hamster. Morreu em Junho, chorei, fiz velório e tudo. Ela não gostava dessa bola, tenho a ali guardada, custou me um dinheirão. De resto, por causa aqui do Chai estou a pensar seriamente ir adoptar outro hamster desde que não me morra precocemente como a Celsa (já era velhota...). Chai, é um prazer conhecer-te e vê lá, não mordas de mais! **