sexta-feira, 9 de março de 2012

Amplamente Feliz

Sejam felizes!, disse-nos na despedida. Haverá desejo mais sincero e carinhoso?, pensei. Talvez o 'Tenham saúde.', sempre debaixo da língua dos avós (consequência irremediável da idade). Mas um 'sejam felizes', de sorriso na face e olhos luzindo, é uma prova de amor. Quando nos dizem isto o peito aquece e sentimo-nos confortáveis. Como que se, de leve, um cobertor nos assentasse ombros, caindo do céu numa noite fresca.

Há quem se preocupe connosco, sabem? Estamos seguras.

Papoila

1 comentário:

Unknown disse...

Hum! (^^,) Então... sejam felizes! Muito felizes, se faz favor!