segunda-feira, 24 de outubro de 2011

(T)I'm(e) Out


Estou oficialmente fora do armário. Contei aos meus pais este fim-de-semana. Contei também a mais dois familiares e a uma grande grande amiga da terrinha. Tenho o assunto praticamente arrumado.

Se me sinto mais leve? Não. Mais feliz? Não... nem por isso. Mais livre? Talvez... mas vivi na gaiola tanto tempo que já nem sei usar as asas para voar. Não mudou nada. Aliás, acrescentou um peso que me aperta o peito, sem origem ou motivo esclarecido. Há pessoas que funcionam de forma estranha, como eu.

Enfim. Está partilhado. Já sou mais uma a lutar contra o estigma, dando a cara. Para o ano estou nos free hugs.

E sim, já sei, agora é dar tempo. Toda a gente me fala do tempo. Está tudo a virar britânico... Oh well.

Papoila

9 comentários:

Nikkita disse...

Só me ocorre "Uau"- pela coragem, claro.
Parabéns pelo "coming out" à familia e amigos. :)

cegonhagarajau disse...

...
como te compreendo
...
fico feliz por ti, por vocês.
Um abraço apertado nosso
: )

um quarto para duas disse...

Estou feliz por ti. Que esse peso desapareça depressa.

Beijinhos

Kinhas disse...

Parabéns!!(?)

Há que dar espaço para digerir!

O aperto vai passar depressinha :D

Burbuleta disse...

força linda. O tempo é sempre o melhor conselheiro acredita. Sei qual é essa sensação. Mas acredita que quando eles se aperceberem que é ela que te faz Feliz vao entender. Porque neste mundo todos procuramos a felicidade. mostra-lhes isso, mostra-lhes o quanto o vosso amor é tao verdadeiro como outro amor... eles vao conseguir ver pra alem de duas mulheres =D.Vão ver o Amor. beijo grande.

A.G. disse...

Parabéns! :) Não sei se ajuda (espero que sim), mas aqui vão duas razões para ser um motivo de felicidade: 1º- é o reconhecimento público de um amor verdadeiro e portanto uma etapa importante para vocês; 2º- É mais uma história de coragem e admiração para me inspirar a mim, à T.S. e a outras pessoas que ainda estão na mesma mobília.

E acabei de me lembrar de outra razão para sorrir: todo o apoio que se vai lendo por estes comentários. :) Um beijinho cheio de força.

Marisa disse...

:) :)
[]

Dantins disse...

Um beijinho grande pela tua coragem...

Pode não mudar nada, mas pelo menos que acredito que te sintas mais livre e orgulhosa da tua atitude...

Muita História para contar... disse...

Uolllll!!!!!! Força, a gente pensa que vai ser um elefante, mas acaba sendo menor...:D