terça-feira, 3 de agosto de 2010

O Meu Orlando

Parece que toda a gente à minha volta tem histórias giras para contar sobre o seu gato ou gata menos eu. Mas eu tenho o meu Orlando. E tenho muito orgulho nele.
Hoje foi dia de tosquia e foi o suficiente para me voltar a enamorar. Tão crescido e sempre com muita paciência para mim. Como sempre teve. Apesar das vezes que me esqueci de lhe dar de beber, das vezes que adiei a tosquia (já devia ter sido feita no inicio da Primavera, como diz o manual...), da pouca conversa que lhe dei nos últimos tempos, sempre com a promessa de que, em breve, ia voltar a cuidar muito bem dele.
Já está comigo há quase quatro anos. Foi uma das melhores prendas de aniversário que já tive, preparada por vários Amigos. Nunca tinha pensado em ter um, mas fiquei feliz. "Tens de lhe dar um nome!" e eu dei. Orlando. Não podia ser outro.
Aturou muitos dos meus dias maus de faculdade. Estava lá sempre, ao fim do dia, à minha espera. Sempre teve muita paciência para mim. Ouvia-me com atenção, mesmo que as palavras fossem poucas e num tom muito baixo.
Esteve doentinho pouco depois de o ter baptizado, mas tratei bem dele e continua comigo até hoje. Orgulho-me disso, especialmente por ter ouvido tanta história semelhante em que os da sua espécie não duram mais que três meses apesar de todos os cuidados seguidos à risca. Eu não os sigo, porque não temos paciência para eles. Eu quero é que ele cresça, que continue a beber a sua água diária, que continue muito verde e que me limite a tosquiá-lo uma vez por ano. Entendemo-nos bem. Quase quatro anos depois, continuamos juntos. Ele parece estar satisfeito também. Ou não desse aquelas flores brancas que tanto me fazem sorrir.

antes da tosquia

O Orlando é o melhor bonsai do mundo!

Orquídea

4 comentários:

Anita disse...

o meu Ted morreu. fiquei uma desgraça!

S-Kelly disse...

Engraçado, é uma Carmona (É uma árvore de folhagem perene, de crescimento moderado. Floresce abundantemente durante a primavera, e é natural do Sudeste Asiático), o teu Orlando. Tenho uma igual e já está comigo há cerca de 3 anos. :) BOA, BOA!

Papoila e Orquídea disse...

Anita: Oh =( Imagino...

S-Kelly: É sim! É tão bonito, não é? ^^ Três anos e a tua Carmona ainda não foi baptizada? E tu, por onde andas? Quem sabe, no final no mês ainda passamos por aí!*

S-Kelly disse...

Olá meninas. Ando por aqui, sempre junto ao mar e ansiosa pelas ferias que só chegam em Setembro. Apareçam, sim, que eu cá estarei de braços abertos..- Beijinhos